Honda NSX

O Legado de Senna

Honda NSX

O Legado de Senna
Honda NSX

Em 1948, Soichiro Honda montou um motor dois tempos de 50cc numa bicicleta e fundou a Honda Motor Co. Hoje a marca nipónica é o maior produtor mundial de motores e a sua engenharia estende-se a quase todos os modos da mobilidade humana. Desde aviões privados a cortadores de relva, Honda é sinónimo de fiabilidade e qualidade.

Quando apresentou o NSX, em 1989, a Honda já era um nome de referência no Mundo Automóvel, fosse em competição, em duas e quatro rodas, fosse no contexto civil e comercial. No entanto, os engenheiros nipónicos decidiram provar ao Mundo que um superdesportivo não teria necessariamente de ser exigente e difícil de conduzir. O NSX era melhor e mais rápido que qualquer rival alemão e italiano e tão fácil de conduzir como um Honda Civic.

Em Estugarda os engenheiros da Porsche engasgaram-se na ‘Bratwurst’ e em Modena os italianos cuspiram o ‘Lambrusco’, quando perceberam que o ‘New Sporstcar

    Voltar ao Início